domingo, 29 de abril de 2012

Coelho Frito com puré de batata - Airfryer




Este coelho foi o nosso almoço hoje e pela primeira vez atrevi-me a fritar completamente sem nenhum tipo de gordura. Temperei o coelho de véspera e hoje foi só retira-lo da marinada e coloca-lo na cuba da fritadeira Airfryer.

Ingredientes:

1 coelho com cerca de 1kg
Alecrim (directamente da minha horta)
tomilho
salsa (da horta)
v. branco
louro
2 dentes de alho
sumo de 1 limão
flor de sal q.b.

Para o puré:
1kg de batatas
150ml de leite
noz moscada q.b.
sumo de limão q.b
1 gema de ovo
1 c. sopa de margarina
sal q.b.

Temperar o coelho com todos os ingredientes, normalmente uso vinho tinto, mas neste usei vinho branco, tapa-se e coloca-se no frigorífico de um dia para o outro.
Coloquei o coelho na cuba da Airfryer e programei 180º - 15 minutos, enquanto isso comecei por descascar as batatas e foram a cozer em água e sal. Passados 15 minutos mexi o coelho, colocando as partes que estavam em baixo para cima e programei mais 15 minutos. Quando as batatas cozeram, passei com o passevite, adicionei o leite, noz moscada, 1 gema de ovo misturei bem e adicionei a margarina e o sumo de limão, coloquei em lume brando por 5 minutos.
Enquanto isso fiz uma saladinha de alface para acompanhar. O coelho só precisou mesmo dos 30 minutos para cozinhar. Ficou bastante suculento, estava muito bom, estava não, ainda está porque ainda vai ser o jantar.

Bom apetite.

sábado, 28 de abril de 2012

Rolinhos de carne picada




Ontem à noite foi o nosso jantar, eu não tinha muita fome, fui ao talho e vi lá estes 3 rolinhos de carne picada recheados com queijo e especiarias e enrolados em bacon. Superfácil de fazer, pegar nos rolinhos colocar na Airfryer, programar 180º durante 25 minutos e estão prontos. Coloquei papel vegetal, não adicionei gordura nenhuma, mas como eram de carne de porco e estavam enrolados em bacon criaram muito molhinho e ficaram aprovadíssimos. Normalmente costumo fazê-los em casa, mas ontem foi dia de ir às compras por isso não houve tempo para mais. Fiquei surpreendida com a qualidade, muito saborosos.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Bacalhau com legumes











Ontem há noite como o marido queria bacalhau cozido, eu não queria deixar a minha amiga descansar e resolvi fazer o bacalhau de maneira diferente para mim.

Ingredientes:
Alho francês 3 rodelinhas
Pimento Laranja (1 pequeno)
cebola (2 gomos)
corgete (3 rodelas)
1 batata aos gomos
1 posta de bacalhau
1 fio de azeite
sal q.b.
pimenta q.b.
tomilhoq.b.
1 dente de alho picadinho


Peguei nuns legumes que tinha à mão (alho francês, pimento laranja da minha horta, cebola, corguete) e o pequenino disse logo para tambem colocar uma batatinha, cortei aos bocadinhos e temperei com sal, pimenta, tomilho e um fiozinho de azeite, misturei bem e usei o separador para colocar o bacalhau no outro lado. O  bacalhau temperei só com um dente de alho picadinho e um fiozinho de azeite. Programei 13 minutos e no final do tempo retirei os legumes que já estavam prontos, deixei só a batata e o bacalhau, programei mais 12 minutos e no fim do tempo estava pronto. Rápido, não?

Bom apetite!

Strogonoff de pá de porco



Este strogonoff fica mais apurado do que os que costumo fazer.  Fiz na altura em que tentei fazer manteiga mas as natas não bateram, foi para aproveitar as natas.

Ingredientes:

1/2 kg de pá de porco cortada em strogonoff
1 lata de cogumelos laminados
1,5 dl de vinho branco
azeite q.b.
sal
1 folha de louro
2 dentes de alho
3/4 de cebola picada
coentros picados
1 pacote de sazon
pimenta moída
polpa de tomate
40gr de chouriço de carne picadinho
250ml de natas 
100gr de queijo ralado mozzarela
Esparguete

Na picadora coloquei a cebola, alhos, coentros e o chouriço, piquei tudo. Coloquei numa frigideira um pouco de azeite e deitei esta mistura, deixa-se alourar um pouco e adiciona-se a carne os os cogumelos para fritar um bocadinho. Junta-se o vinho branco, sal, louro, sazon, polpa de tomate e pimenta móída e deixa-se cozinhas. À parte coze-se o esparguete em água e sal. Enquanto isso num tachinho pequenino deita-se as natas com um bocadinho de sal e pimenta e o queijo mozzarela deixa-se engrossar um pouquinho, mas não muito. Quando o esparguete estiver cozido escorre-se e deita-se novamente na panela, mistura-se metade do molho de natas aos esparguete. A outra metade adiciona-se à carne, mexe-se bem e deliga-se o lume. Depois é só empratar.
Com uma saladinha de alface cai muito bem.
Bom apetite!

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Frango à passarinho com batatas fritas aos cubos






Este franguinho surpreendeu-me pela positiva, porque eu tinha este frango congelado aos bocadinhos e sem pele, porque normalmente quando vou ao talho peço logo para tirar a pele do frango, para não ficar com tanta gordura, daí que pensei que pudesse ficar mais seco. Puro engano...


Ingredientes:

500gr de batatas cortadas aos cubos (cortei algumas aos palitos porque o Tiago só gosta aos palitos, manias de pequeninos)
1kg de frango cortado aos bocadinhos
sumo de 1 limão
1 dl de vinho branco
tomilho q.b.
2 dentes de alho picadinhos
sal q.b.
1 folha de louro
1 c. café de azeite
1 c. chá de margarina liquida

Temperei o frango de vésper com todos os ingredientes, excepto o azeite e margarina. Na altura de cozinhar retirei do marinadoe passei a mistura da margarina com o azeite, com as mãos até ficar homogeneo. Coloquei na airfryer e programei 180º 12 minutos. No final do tempo virei a rede para um prato e voltei a colocar o frango novamente na cuba, fiz assim para que ficasse bem voltado. Aos 12 minutos já estava com cor  e só algumas partes ainda estavam quase cruas. Programei 15 minutos. No final do tempo estava com o aspecto que está na foto, lindo e suculento. Depois foi a vez de colocar as batatas. Enquanto o frango assava as batatas estavam de molho em água, depois passei-as para um paninho e sequei-as bem. No final do frango, limpei a cuba e coloquei lá as batatas, 9 minutos, retirei a cuba mexi as batatas e programei mais 9 minutos. Fi uma saladinha e aqui está o nosso almoço de ontem.

Nada gordurento, mas muito saboroso e suculento. Recomendo.

Bom apetite!

Hoje tive uma noticia fabulástica, a Airfryer no final das 3 semanas de experiência é nossa, estou mesmo feliz.
Quem quiser ter oportunidade de experimentar produtos para poder expressar opinião é só se inscrever aqui.


quarta-feira, 25 de abril de 2012

Ovo estrelado com batatas fritas airfryer












Ontem ainda havia filetes de pescada para o jantar do maridinho por isso para o meu jantar resolvi fazer aquilo que normalmente não como, ovo estrelado com batatas fritas. Tenho de confessar que as primeiras batatas que fiz na airfryer não ficaram como as que fritamos numa fritadeira com oleo, atendendo a que eram mais saudáveis dei-me por satisfeita, mas não convencida. Andei a pesquisar na net e onde encontrei mais informação acerca desta máquina,  foi em sites e blogs Brasileiros a Walita como lá é chamada, faz sucesso. Encontrei a possível causa das minhas batatas terem ficado mais para o assado que frito, não estavam bem secas.

Cortei as batatas em palitos e algumas às rodelas, fiz só duas batatas e deixei os 30 minutos de molho em água e de seguida retirei-as para um pano de cozinha onde as sequei bem, ficarm mesmo secas, depois coloquei-as numa tigela e deitei um pouc de oleo, apenas umas gotinhas e com as mãos mexi bem até que o oleo fica-se espalhado de forma homogenea. Coloquei as batatas no cesto do forno e programei 9minutos. Quando desligou retirei o cesto virei-o para o prato e retirei todas as batatas, voltei a coloca-las lá dentro e programei mais 9 minutos. Como eu as das rodelas bem fininhas, tive de retirar logo algumas porque já estavam. Essas já não estão na foto, porque o maridinho passou na cozinha e comeu-as logo. Passado os 9 minutos estavam prontas e desta vez garanto-vos que estavam idênticas às fritas em oleo. Depois foi a vez  do ovo estrelado. Tive de improvisar, porque não tinha nada na cozinha que coubesse dentro da airfryer. Fui à cozinha do meu filhote e lá ele tem tudo o que se possa imaginar para cozinhar (ele diz que quando for grande quer ser cozinheiro). Trouxe uma forma de pizza e untei com um pouco de margarinha, muito pouquinho mesmo, isto porque tive medo que o ovo pegasse à forma. Tinha um ovo que um cliente me deu das galinha dele, pequenino e caseiro e foi esse que coloquei na forma. Liguei a maquina durante 5 minutos a 180 graus e lá estava o meu ovo, fritinho e lindo, podia ter ficado um pouco menos tempo. Ovo estrelado e batatas aprovadíssimas, até pelo marido que comeu as minhas batatas quase todas, desta vez ficou convencido.

Bom apetite

Hoje já a pus a trabalhar outra vez, um franguinho à passarinho imaginem com o quê? Pois claro, batatas fritas. Eu devia ter ido fazer análises para ver o meu colestrol antes e depois da máquina, porque se não frita, não faz mal, certo? Pelo menos eu não fico mal disposta, como costumo ficar com os fritos e comidas com muita gordura. Mas mais pormenores só mesmo amanhã...

Estou mesmo satisfeita por poder usufruir desta experiência fantástica. Também querem se juntar a esta comunidade? Então é só se registarem aqui.

Muffins De Chocolate




Estes Muffins já foram feitos à quase duas semanas mas ainda não tinha tido oportunidade de os publicar. Fáceis de fazer e muito mais fáceis de comer...

Ingredientes:

60gr de margarina
60gr de chocolate em barra
25 gr de chocolate em pó
100gr de açucar
50ml de sumo de laranja
raspas de 1 laranja
150ml de leite
250gr de farinha para bolos
1 c. chá de fermento Royal
2 ovos

Derrete-se a margarina com o chocolate em barra no microondas. Junta-se o açucar com as gemas e de seguida adiciona-se o sumo de laranja e o leite, vai-se mexendo e adiciona-se o chocolate em pó e a farinha peneirada, se ficar com grumos pode-se passar a varinha mágica. Junta-se o chocolate previamente misturado e derretido com a margarina e as raspas de laranja, quando tudo estiver bem batido adicionam-se as claras em castelo. Coloca-se umas forminhas de papel dentro das formas de aluminio/silicone e deita-se o preparado dentro delas, encher até meio. O forno deve estar pré aquecido a 180º, vai ao forno cerca de 20 minutos.

Que belo lanchinho tivemos.

Bom apetite!

terça-feira, 24 de abril de 2012

Filetes de Pescada Airfryer - tradicionais












Então venho aqui contar-vos a minha experiência com os filetes de pescada. Ontem fiz filetes de pescada para o jantar, mais a pensar no maridinho porque eu não posso comer fritos, mas separei quatro metades para fazer na Airfryer. Como o meu marido gosta mais dos filetes passados pela farinha do que pelo pão ralado, optei por não fazer todos na Airfryer.

Ingredientes:
6 filetes de pescada
3 dentes de alho
limão q.b.
sal q.b.
pimenta q.b.
1 folha de louro cortadinha aos bocadinhos
1 ovo
pão ralado
farinha

Temperei de véspera com o sal, os alhos, o limão, a pimenta e a folha de louro aos bocadinhos. Retirei-os da marinada para secarem um pouco e retirei dois para fazer separadamente, os restantes cortei ao meiom passei por ovo batido seguido da farinha e foram a fritar de modo tradicional.

Os outros dois cortei ao meio e passei-os por ovo. No prato da farinha adicionei 1/2 colher de oleo e misturei com os dedos até ficar solta, depois passei a farinha num passador para ficar em pó, fiz o mesmo num prato de pão ralado, depois passei dois por pão ralado e outros dois por farinha e coloquei-os a fritar na Airfryer. Demoraram pouquissimo tempo até estarem prontos. Eu tinha colocado 12 minutos mas fizeram em menos tempo.

Chegou a altura da prova, eu comi 3 metades de metade, para poder expressar a minha opinião. Os que foram feitos na airfryer ficaram mais secos, o que é compreensivel pois não são feitos em óleo, mas de sabor estavam os 3 bons, o que me surpreendeu foi o que fiz envolto em farinha na airfryer, confesso que estava convencida de que não iria resultar. A farinha misturada com o oleo fez uma massa crocante que me fez lembrar pão, estava bom. Foi tambem o almoço do marido hoje e perguntei-lhe o que achou dos que foram feitos na airfryer, teve a mesma opinião que eu, estavam um pouco mais secos, mas de sabor estavam iguais.

Prova Superada!


Hoje tambem fiz uma experiência, batatas fritas, mas feitas de outro modo e imaginem para o que me deu... Fiz um ovo estrelado e mais não conto... Fica para amanhã...


segunda-feira, 23 de abril de 2012

Brownies - Na Airfryer















Esta receita foi seguida pelo livro que acompanha a maquina. Descobri ontem o site de quem fez este livro de receitas. Dedo de moça é o nome do site e tem coisas interessantes.

Nesta tive um ajudante o Tiago que adora ajudar-me na cozinha. A receita é bem simples:

Ingredientes:

75 gr de chocolate em tablete aos bocadinhos
75 gr de manteiga (usei margarina)
1 ovo grande
60 gr de açucar
1 saqueta de açucar baunilhado (como compro saquetas grandes coloquei uma colher de sopa)
40 gr de farinha para bolos (com fermento)
25 gr de nozes ou avelãs (coloquei amendoins)
sal q.b.

Derreti o chocolate com a margarina no microondas e mexi bem até ficar homogeneo, deixei arrefecer. À parte bati o açucar com o ovo, açucar banilhado e uma pitada de sal até ficar um creme esbranquiçado, adicionei o chocolate e a farinha mexendo sempre e por fim os frutos secos. Como não tinha nenhuma forma que desse para a cuba da Airfryer usei papel vegetal untado para forrar a grelha que vem com a maquina. Pré aqueci a maquina a 180º durante 3 minutos e cozinhou durante 20 minutos. Ficaram estaladiços por fora e humidos por dentro.
Muito bons!

Cabeças de carneiro com batatas assadas na Airfryer



Este foi o almoço de Domingo, só que o meu marido detesta cabeças de carneiro então fiz só para mim. Ontem fui ao talho e é a primeira vez que vejo à venda, a minha mãe fazia antigamente e eu sempre gostei muito, não resisti e trouxe.

Ingredientes:

2 metades de cabeça de carneiro
tomilho q.b.
2 dentes de alho
polpa de tomate q.b.
1 dl de vinho branco
1 folha de louro
massa de pimentão para barrar
sal
vinagre
mistura de pimentas  moídas
salsa picada q.b.
azeite q.b.


Para as batatas:
batatas cortadas aos cubinhos (como ontem tinha cortado batatas aos palitos a mais, deixei no frigorifico dentro de agua e hoje cortei-as ao meio e foi estas que usei.
oregãos
salsa picada
1 dente de alho picado
1/2 colher de azeite
sal q.b.

Ontem à noite, retirei as narinas e temperei a carne com o tomilho, 2 dentes de alho picado, 1dl v. branco, sal, vinagre, pimentas moídas, folha de louro e salsa picada. Hoje de manhã, coloquei agua agua numa panela com um pouco de vinagre e quando começou a ferver deitei a carne, deixe ferver 5 minutos. Retirei e deixei arrefecer um pouco. Coloquei a carne num tabuleiro de ir ao forno, untei a carne com a massa de pimentão misturada com um pouco de polpa de tomate, deitei por cima a marinada e foi ao forno cerca de 1h20 minutos. Mais ou menos a meio do tempo virei as cabeças. Convém ficarem bem tostadinha.

Como ando a fazer experiencias com a airfryer fiz lá as batatas. Numa tigela coloquei as batatas, oregãos, salsa picada, dente de alho picado e sal e com as mão misturei bem, depois juntei meia colher de sopa de azeite e liguei a airfryer a 180º. Programei 20 minutos e foi o suficiente, acho até que podia ter sido um pouco menos tempo.

Acompanhei com uma salada de alface.

Bom apetite!

domingo, 22 de abril de 2012

Pão Saloio na Airfryer X Pão Saloio no Forno

Então este foi o meu primeiro atrevimento em relação à Airfryer, eu digo atrevimento porque não vem no livro de receitas que acompanha a máquina, nem menciona nas instruções que dá para fazer pão mas resulta muito bem e vou contar-vos a minha opinião:





Ontem à noite precisava de fazer pão e então deu-me para isto fiz a massa, dividi em duas e uma foi para a Airfryer e a outra para o forno. Para esta experiência usei a receita de pão da São que é muito bom.

Ingredientes:

330gr de água morna
400gr de farinha de trigo
100gr de farinha de trigo integral
1 c. chá de sal
8gr de fermento ramazzoti

Coloquei tudo por esta ordem na mfp e programei amasar, no final dividi a massa em 2 partes mais ou menos iguais, metade coloquei na cuba da airfryer e cobri com um pano e a outra metade coloquei num tapete de silicone dentro do forno, deixei levedar por 1hora. Pré-aqueci a actifry a 200º por 3 minutos, depois coloquei lá dentro o pão e baixei para 180º. Demorou 20 minutos a estar pronto. A outra metade da massa coloquei no forno pré-aquecido a 200º e depois de a colocar lá dentro baixei para 180º, demorou 30 minutos a ficar pronto.

Diferenças:
O pão feito na Airfryer demorou menos 10 minutos a estar pronto
O pão feito na Airfryer cresceu mais, porque o que levedou no tapete de silicone no forno ficou a massa mais espalhada
O pão feito na Airfryer ficou mais estaladiço e com mais cor.
Em termos de sabor não se nota diferença, nota-se é na textura da massa, como o pão na airfryer fica mais alto o miolo tambem fica melhor.

Gostei muito desta experiência e enquanto a máquina cá estiver vou fazer sempre o pão desta maneira para poder experimentar o resultada de diversas receitas.

Desvantagem - Como a cuba não é muito grande temos de fazer menos quantidade de massa, mas assim que eu ache a quantidade ideal venho contar.

Não sei se alguém já tinha feito pão nesta máquina mas vou pesquisar para ver se encontro receitas já testadas.

Bom apetite!

Batatas fritas na Airfryer












Aqui ficam as primeiras batatas fritas na máquina, cumpri a receita à risca.

Ingredientes:

500gr de batatas fritas aos palitos
1/2 colher de sopa de óleo

Cortei as batatas fritas e depois deixei-as ficar dentro de água 30 minutos. Retirei para cima de um pano e sequei-as bem. Dentro de um alguidar coloquei a 1/2 colher de óleo por cima da batatas e misturei bem. Pré -aqueci a Airfryer 3 minutos a 180º, depois introduzi as batatas na cesta (com as mãos como indica no livro, nunca se deve verter da tigela para a rede para que o excesso de oleo não vá junto), programei para cozinhar 20 minutos (no livro diz de 18 a 25minutos). A meio da fritura retirei a cuba e agitei, voltando a coloca-la de seguida até ao fim do programa.

Eis o resultado final:

Estavam boas, não posso dizer que estavam iguais às que fritamos com muito óleo porque isso não corresponde à verdade, mas para umas batatas fritas em 1/2 colher de sopa de óleo estavam boas e estaladiças e o mais importante é que são bastante saudáveis, o meu filho adorou-as e eu fiquei muito contente porque assim não lhe faz mal. Da próxima vez vou deixar menos tempo, porque não precisa dos 20 minutos.

Bom apetite

Airfryer da Philips

Adivinhem que vei cá morar para casa durante 3 semanas? Pois é, há uns tempos descobri uma comunidade de marketing passa-palavra que se cham trnd. Eu estou inscrita em mais do que uma comunidade, mas esta foi a primeira vez que me candidatei a uma experiência porque sempre tive muita curiosidade em provar pratos confeccionados nestas maquinas que não usam praticamente gordura nenhuma para fritar. Principalmente comer batatinhas fritas caseiras confeccionadas sem oleo.

Se alguém estiver interessado em fazer parte da comunidade este link serve para o registo:

http://www.trnd.com/pt/convidar/1399322334400663984

Na sexta-feira vieram trazer a máquina e eu fui completamente surpreendida porque ainda nem sequer sabia que tinha sido seleccionada para dar a minha opinião.

Aqui está ela, durante 3 semanas não vai parar, isto é uma promessa, vamos ver o que esta menina sabe fazer:



Se é para dar a opinião sincera, então que assim seja, comecei logo a organizar as receitas que queria experimentar e vão ser muitas. 

Ate Breve!

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Scones de maçã / Apple cheddar scones

Ora aqui está o resultado do desafio desta quinzena de Dorie às sextas:


Depois de alguns contratempos finalmente consegui fazer os scones e ficaram muito deliciosos. Tive de fazer algumas adaptações. A minha ideia inicial era fazer a manteiga e o buttermilk, mas as natas não bateram, ainda não percebi porquê, bato tantas vezes natas e desta vez ficaram sempre liquidas. Tive de improvisar o buttermilk (1/4 de chavena de iogurte grego natural e 1/4 de chávena de leite juntamente com 1 colher de sopa de sumo de limão). As maçãs desidratadas também as fiz (cortei duas maçãs as rodelas fininhas, passei-as por sumo de limão previamente misturado com 1 colher de café de açucar e depois coloquei as rodelas numa grelha e foi ao forno a 90 até estar seco.
O sumo de maçã também fui eu que fiz, no liquidificador coloquei 1 maçã descascada e cortada aos bocadinhos com um pouco de água e 1 c. café de açucar depois pulsei na velocidade máxima.

Ingredientes:

1 ovo
1/2 chávena de imitação de 'buttermilk'
1/3 de chávena de sumo de maçã
2 chávenas de farinha de trigo
1/3 chávena farinha de milho
2 c.sopa de açucar
1 c. sopa de fermento Royal
1/2 c. chá de sal
113 gr de margarina fria cortada em pedacinhos
3/4 chavena de queijo cheddar ralado
1/2 chávena de maçã seca desidratada

Misturar o ovo com o buttermilk e o sumo de maçã e reservar. Numa taça à parte misturar bem as duas farinhas, o açucar, o fermento e o sal. Quanto estiver tudo bem misturado acrescenta-se os pedacinhos de manteiga e com os dedos vai-se misturando até parecerem migalhas. Acrescentar os ingredientes liquidos e amassar como se fosse pão. Aqui foi quando rectifiquei a farinha porque ficou muito peganhento.
Aquece-se o forno a 200º. Continua-se a amassar até estar homogenea, depois adiciona-se o queijo e a maçã e mistura-se muito bem. Deita-se a massa numa superficie enfarinhada, achata-se e faz-se um rectangulo com cerca de 1,5 cm de altura e corta-se em 12 partes iguais. Eu cortei em 8 e com o resto fiz quatro bolinhas. Vai ao forno  em cima de um tapete de silicone durante 18 minutos. Retirar para 1 grade e deixar arrefecer.

Bom apetite!

Fonte original: livro Baking, de Dorie Greenspan

terça-feira, 17 de abril de 2012

Favas com entrecosto à minha moda



Este fim de semana apanhei 5kg de favas na minha horta, foi a primeira grande colheita, já tinha apanhado outras duas vezes mas não chegou a 2kg e só deu 600gr de favas. Desta vez deu cerca de 2kg, fiz 500gr. Fiz com uns restinhos de carne que tinha no congelador

Ingredientes:

300gr de entremeada aos bocadinhos (retirei a maior parte da gordura)
200gr de entrecosto aos bocadinhos
500gr de favas
meio chouriço carne
meio chouriço de sangue
1 farinheira
1 cebola
2 tomates pelados
polpa de tomate q.b.
2 dentes de alho
1 ramo de coentros
Azeite q.b.
sal q.b.
v. branco 1dl

Numa frigideira colocar a cebola picadinha e os dentes de alho tambem picados, fritar a carne em azeite juntamente com o chouriço de sangue e o de carne cortados às rodelas. Atenção para não deixar fritar demais, a cebola deve ficar loirinha.

Deitar tudo na panela de pressão, juntar as favas, os tomates pelados e triturados juntamente com um pouco de polpa de tomate, o vinho branco, um pouco de água (atenção pouca água, o suficiente só para cozinhar) e por fim o ramo de coentros, que deve ir atado, juntar sal a gosto. Fecha-se a panela e deixa-se ferver,  baixa-se o lume e deixa-se por mais 15 minutos. Desliga-se o lume e deixa-se o vapor saír. À parte coze-se a farinheira, esta é sempre a maior guerra para ver se ela não rebenta. Deixa-se a farinheira de molho em agua fria por 20 minutos, antes de colocar na água a ferver faz-se uns furos com um garfo ou palito e deixa-se cozinhar em lume brando por cerca de 25 minutos. Eu costumo comprar farinheira do Fundão, são as que mais gostamos aqui em casa. No preparado das favas adiciona-se dois ovos no fim para escalfar e deixa-se cozinhar por cerca de 15 minutos. Acompanha com salada de alface.

Com favinhas da nossa horta até o sabor é logo outro.



segunda-feira, 16 de abril de 2012

Pão de Trigo com farelo de Aveia


Este pão saiu muito saboroso, mais um para repetir, bom e fácil como se quer.

Ingredientes:

320ml de água morna
400gr de farinha de trigo
100gr de farelo de Aveia
8 gr de fermento ramazzoti
1 c. chá de sal

No liquidificador tritura-se o farelo de Aveia, depois colocam-se os ingredientes na mfp por esta ordem e programa-se amassar com levedura. No final do programa retira-se da maquina e dá-se a forma desejada ao pão dentro de uma tigela com farinha ou mesmo na própria bancada, vai ao forno a 35º a levedar por cerca de 45 minutos. Retira-se do forno e pré aquece-se a 220º,  coloca-se um tabuleiro com agua no fundo do forno e o pão uma prateleira mais acima, com uns cortes na massa. Coze em cerca de 30 minutos. Deixar arrefecer em cima de uma grelha.

Estava belíssimo!



Folar de Páscoa


Tenho andado sem tempo para nada e isso reflete-se no atraso com que coloco os posts. Este folar foi feito antes da páscoa e a fotografia foi tirada mas não postada. Não cresceu muito, ficou um pouco massudo eu penso que deveria ter colocado um pouco mais de leite, mas de sabor estava muito bom.

Ingredientes:

3 ovos

175ml leite morno
1 c.sopa de mel
500gr de farinha de brioche
6 gr de fermento ramazzoti
1 c. sopa de açucar
canela q.b.
1 gema

cascas de cebola

Cozer dois ovos em água com cascas de cebola para dar cor aos ovos. Na mfp o leite com o ovo previamente misturado e o mel, de seguida coloca-se a farinha, o fermento e por fim o açucar e a canela. Programa-se amassar com levedura.
Depois é só reservar cerca de 100gr da massa e com a restante dar-lhe a forma de folar, fazer dois buracos colocar lá os ovos. Depois fazer umas tirinhas com as 100gr que reservamos e colocar a fechar os ovos. Pincela-se com gema de ovo e deixa-se levedar cerca de 1hora. Vai ao forno a 200º cerca de 25 minutos, ou até ficar dourado. Como ainda sobrou um pouquinho de massa o Tiago tentou fazer um gato.


domingo, 15 de abril de 2012

Pão Saloio



Esta receitinha vem directamente do blog da são  e tambem no blog da sua mana la pasta, só sofreu uma ligeirita alteração. Ficou mesmo muito bom e já o fiz duas vezes.

Ingredientes:

330gr de água
1 c. chá de sal
400gr de farinha de trigo
100gr de farinha de trigo integral
8gr de fermento seco (usei ramazzoti, coloquei 8gr em vez das 11gr)
farinha de trigo para polvilhar

Colocar por esta ordem na mfp e seleccionar amassar. No fim do programa moldei uma bola e coloquei no forno a 35º para levedar por cerca de 1hora. Retirei do forno e pré aqueci a 180º, polvilhei com farinha e dei-lhe uns cortes em cima. Vai ao forno por cerca de 30 minutos.

Bom apetite!

Peixe Espada Preto no Forno

Há já algum tempo que não colocava uma receitinha, mas tenho o carregador do meu portátil avariado. Este foi o nosso almoço de há 15 dias atrás. O peixinho ficou muito saboroso.

Ingredientes:

4 Postas de peixe espada preto
5 batatas médias cortadas em cubinhos
salsa q.b.
sal
v. branco 1 dl
azeite q.b.
1 pacote de tempero «Sazon» sabor do Nordeste
2 dentes de alho picadinhos
1 folha de louro cortada aos bocadinhos
pimenta moída
2 cebolas cortadas às rodelas

Tempera-se de véspera o peixe espada com os alhos, o sal, a salsa, a folha de louro, o pacote de tempero «Sazon», e o vinho branco.
Num tacho com agua a ferver, temperada com sal, colocam-se as batatas por 5 minutos.

Num tabuleiro colocam-se as duas cebolas cortadas às rodelas finas para fazer de cama. Por cima coloca-se o peixe e as batatas, rega-se tudo com a marinada do peixe, adiciona-se um pouco mais de salsa e pimenta moída. Rega-se com azeite e vai ao forno a 180º por 45 minutos.

Serve-se com uma salada de alface.
Bom apetite!



quinta-feira, 5 de abril de 2012

Golden Brioche Loaves (pão brioche para o desafio Dorie às sextas)


Desta vez fiz algumas alterações em relação à receira original. Diminui a quantidade de manteiga (original 340gr) e aumentei a farinha (1/4 de chávena a mais) e diminui no fermento (menos 1 pacote), também acrescentei canela. A receita original dá para dois e eu resolvi fazer só um, grande. De resto adaptei a receita à mfp.


Ingredientes:

1 pacote de fermento seco ativo
1/3 chávena de agua morna
1/3 chavena de leite morno
4 chávena de farinha de trigo
2 colheres de chá de sal
3 ovos grandes, à temperatura ambiente
¾ chávena de açúcar
250 gr de manteiga sem sal, à temperatura ambiente mas um pouco firme

1 c. chá de canela

Para pincelar:

1 ovo grande
1 pouquinho de água


Na mfp deita-se a àgua e o leite com o fermento dissolvido, os ovos batidos, a farinha, o sal, o açucar e a canela, programa-se amassar e vai-se deitando a manteiga em pequenas colheres de sopa. Deixa-se amassar até ficar uniforme. Desliga-se o programa deita-se a massa numa taça e deixa-se levedar cerca de 1hora, tapa-se e vai ao frigorífico.Golpeie a massa para baixo na tigela a cada 30 minutos até que ela pare de crescer, isto demora cerca de 2 horas. De seguida deixar a massa tapada no frigorifico a noite toda.

No dia seguinte, untar com manteiga e farinha uma forma e retirar a massa do frigorífico. Dividir em pequenos triangulos, ou como se preferir e colocar na forma, deixar repousar cerca de 2 horas à temperatura ambiente. A massa vai crescer bastante.

 Coloque o tabuleiro na prateleira do meio do forno e Pré-aqueça o forno a 200º

 Para a cobertura bata o ovo com a água e usando um pincel, pincele o pão suavemente. Vai ao forno até que esteja cozido e com um aspecto dourado, são cerca de 30 a 35 minutos. Retire do forno para uma rede e deixe arrefecer cerca de 15 minutos. Passe uma faca na lateral da formas para desprender o pão e vire-a ao contrário para retirar o pão. Virar novamente o pão para ficar novamente para cima (já fora das forma) e deixe na rede mais uma hora para arrefecer completamente.

Uma receita bem enquadrada com a época. Uma Páscoa feliz a todos!

Bom apetite!




domingo, 1 de abril de 2012

Merengue de Chocolate (Pavlova de chocolate)



Então esta foi a sobremesa que eu elegi para fazer este fim de semana. Sempre conheci esta sobremesa como merengue e é engraçado que quando comecei a ver o Masterchef Australia apercebi-me que davam o nome de Pavlova, o meu pai é pasteleiro e sempre a fez como merengue, esta é uma foto da que ele faz:




Eu adoro e não me canso de comer este Merengue magnífico e delícioso, mas como a distância é grande de vez em quando faço-o aqui em casa, claro que não consigo cortar estes pedaços de chocolate, porque são cortados de barras grandes e com uma espessura grande, mas em termos de sabor fica muito parecido.

Então aqui vai a receita:

Merengue:

8 claras
400gr de açucar
1 c. sopa Maizena
1c. sopa Vinagre maçã

Doce de Ovos:
8 gemas
1,5 dl de água
1 casca de limão
1 pau de canela
280gr de açucar
canela em pó
70gr de margarina

Cobertura:
2 pacotes de natas Parmalat
80gr de açucar

Decoração:
Raspas de chocolate
(eu coloquei morangos porque tinha, pode-se colocar o que se quiser)


Colocar num tacho ao lume branco as claras e o açucar e deixar dissolver por 5 minutos. Desligar e começar a bater até estarem em castelo firme, deverão ficar brilhantes como na foto em baixo. Acrescentar a colher de Maizena e continuar a bater, por fim acrescentar o vinagre. Normalmente não costumo colocar a maizena e o vinagre, foi por ter visto no site masterchef, mas não vi diferença nenhuma em relação ao que costumo fazer. Coloca-se este preparado num saco de pasteleiro e fazem-se 3 circulos de 25cm de diametro, em 3 tabuleiros de silicone ou anti-aderentes e isto é muito importante para não pegar. Vai ao forno a 120º por 55 minutos, ou 30 minutos a 150º e deixar ficar dentro do forno até arrefecer, mesmo depois de desligar, para que fiquem com aspecto seco.

Enquanto os merengues estão no forno prepara-se o doce de ovos, coloca-se um tacho ao lume com a agua, pau de canela, a casca de limão e o açucar, deixa-se ferver um pouco, retiram-se a casca de limão e o pau de canela e deitam-se as gemas que devem ter sido previamente batidas e bem batidas mesmo até ficar um creme. Tem de mexer rapidamente para que fiquem bem incorporadas sem cozer, neste ponto se ficarem um pouco cozidas deve-se passar de imediato a varinha mágica para que fique um creme homogeneo. Sem parar de mexer deixa-se cozinhar em lume brando por 2 minutos e vai-se deitando a margarina em pedaços, continua-se a mexer até começar a engrossar um pouco, desliga-se o lume e continua-se a mexer até começar a arrefecer. Junta-se canela em pó a gosto.

Quanto tivermos as nossas bases de merengue frias começamos a montar: Primeiro a base de merengue depois barra-se com o doce de ovos e coloca-se outra base e novamente doce de ovos, por fim a última base.

Numa tigela colocam-se os dois pacotes de natas e o açucar e bate-se até ficar chantilly firme, bastante firme mesmo. Barra-se o bolo por fora com as natas até ficar todo coberto. Por fim deitam-se as raspas de chocolate e os morangos. Se não for para servir de imediato, pode-se deixar no frigorifico sem a cobertura e faze-mos a cobertura das natas e o chocolate só na altura de servir. Tambem se pode congelar já com as natas, mas sem o chocolate e descongela-se um pouco antes de servir e colocam-se as raspas de chocolate na altura de ir para a mesa. Eu faço isso muitas vezes, quando o preciso de fazer com muita antecedência.

Bom apetite!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Queres experimentar produtos novos para poderes expressar a tua opinião? Então inscreve-te aqui: